IMAGO (2011)

No seguimento de 6 anos de projectos realizados em parceria com a Associação Promotora de Emprego de Deficientes Visuais onde se trabalhou com cegos e pessoas de baixa visão, foi sempre dada primazia à utilização dos sentidos enquanto descrição e identificação da imagem. Nestes projectos a abordagem é conceptual, baseando-se numa reflexão sobre as características intrínsecas à imagem e à percepção visual, sobre os significados da bi e tridimensionalidade e dos componentes que podem dar corpo a uma imagem, neste caso não visual mas mental.

No projecto IMAGO, o Movimento de Expressão Fotográfica deu autonomia a cada autor para trabalhar os vários sentidos em simultâneo e que sejam, para si, de maior relevância. O tema a ser trabalhado foi a auto representação. O projecto passou por diversas fases, partindo de uma base descritiva do projecto escolhido por cada autor, onde foram criadas condições cénicas e de produção para a captação de imagens, à sua interpretação. O trabalho fotográfico foi desenvolvido individualmente, onde cada participante utilizou os sentidos propostos para orientação do seu trabalho. No final as imagens foram descritas aos alunos a fim de poderem escolher as imagens finais que compõem a apresentação pública do projecto. O projecto termina numa exposição final do Integrar pela Arte, exposição composta por imagens em baixo relevo e audiodescrição presencial de cada imagem representada. As imagens produzidas são apresentadas pelo tacto e na ausência de qualquer elemento visual.

Projecto Financiado pela Secretaria de Estado da Cultura/DGArtes (Direcção-Geral das Artes)

Imagem 9

Imagem 8
Imagem 6

Rui-IMAGO
Na imagem, Rui Cardoso, um dos participantes no projecto a realizar o seu auto-retrato. Agradecemos a colaboração do Sporting Solidário e da Fundação ARAGÃO PINTO, pela disponibilidade no acesso ao relvado do estádio e por apoiar este projecto MEF.

 

Anúncios

Movimento de Expressão Fotográfica