APRESENTAÇÃO, Este Espaço Que Habito

logo

Entre 2014 e 2016, o Movimento de Expressão Fotográfica volta a realizar o projecto Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito, novamente junto dos Centros Educativos em parceria com o Ministério da Justiça/Serviços de Justiça Juvenil e com o financiamento do PARTIS – apoio a projetos sociais destinados à integração social através das práticas artísticas, promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Neste projecto o MEF irá trabalhar com jovens em cumprimento de medida tutelar de internamento e será realizado em 6 Centros Educativos do país no ano de 2014 e de 2015: no Centro Educativo da Bela Vista e Navarro de Paiva ambos em Lisboa, no Centro Educativo Santo António no Porto, no Centro Educativo do Mondego na Guarda, no Centro Educativo Padre António Oliveira em Caxias e no Centro Educativo dos Olivais em Coimbra, utilizando o recurso da fotografia enquanto ferramenta técnica e de expressão pessoal.

Numa primeira fase do projeto, os jovens constroem as suas próprias câmaras escuras estenopeicas, vulgarmente chamadas câmaras pinhole, que são câmaras fotográficas que produzem imagens sem o auxílio de lentes.

Depois de construída a câmara e após a pesquisa de locais a fotografar através dos mapas das quatro cidades onde o projecto foi desenvolvido, os jovens deslocam-se aos locais que escolherem fotografar. A finalizar o processo, as fotografias serão editadas pelos jovens em programa de edição de imagem e será elaborado por cada participante um caderno de campo.

Neste projeto pretende-se que os jovens explorem a cidade onde habitam enquanto cumprem a medida tutelar de internamento partindo do seu registo gráfico, o mapa, para localizações reais.

Nesta edição do projeto Este Espaço Que Habito, e no seguimento de projectos anteriores dinamizados pelo MEF, pretende-se contribuir para a aquisição de competências sociais por parte dos jovens envolvidos, assim como se tem em conta atividades que explorem a criatividade e a expressão artística através da qual os jovens possam trabalhar o seu autoconhecimento.

Produção: Movimento de Expressão Fotográfica

Direcção Artística: Luís Rocha

Coordenação de projecto e produção executiva: Tânia Araújo

Técnicos: Miguel Carriço, Nuno Morais, Liliana Pinguicha, Paula Melâneo, Cristina Cabrita.

Avaliação psicoeducacional de projecto: Tiago Santos

Comunicação: Cláudia Lomba

Imagem Gráfica: Hélio Oliveira

Parceiro institucional: Ministério da Justiça/Serviços de Justiça Juvenil

Financiamento do projecto: PARTIS – práticas artísticas para a inclusão social, Fundação Calouste Gulbenkian.

Apoios ao projecto: Portugália Restauração; Teatro Municipal do Porto/Campo Alegre; Câmara Municipal de Coimbra e Hipermercado Continente da Guarda/SONAE.

Apoio e Parceria Institucional

mj_

Ministério da Justiça/Serviços de Justiça Juvenil

Financiamento e Parceria Institucional

PARTIS_Logo_Cor-01
PARTIS – Fundação Calouste Gulbenkian

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Movimento de Expressão Fotográfica